Light faz operação contra os ‘gatos’

Nesta terça-feira (13), a light começou com uma série de operações contra os “gatos”, ligações clandestinas de luz. O objetivo da blitz foi vistoriar 80 endereços que tinham indícios de ligações irregulares de energia no calçadão e Campo Grande. Cerca de 30 técnicos da light e eletricistas trabalham na operação.

Segundo a Light, o Rio de Janeiro é o estado que tem a maior quantidade de energia roubada. E no ranking da empresa entre os que mais possuem furtos de energia aparecem Rio das Pedras, Bangu e Campo Grande. Segundo a light os “gatos” são responsáveis por 76% da falta de luz no Rio de Janeiro e por conta deles a conta de luz fica 17% mais cara pra todo mundo.

O furto de energia é crime e prevê pena de 1 a 4 anos de prisão. Disque denúncia 2253-1177.

Foto: Domingos Peixoto / O Globo

Comentários

comentários

Deixe um Comentário