Turismo a Pé na Zona Oeste desbrava novos caminhos

Espírito de aventura, fôlego, bom condicionamento físico; esses são os pré-requisitos básicos para participar do projeto Turismo a Pé na Zona Oeste, concebido pelo Ciezo-Conselho das Instituições de Ensino Superior da Zona Oeste e oferecido gratuitamente ao público. “Com a divulgação dos atrativos culturais e naturais da Zona Oeste, estamos proporcionando ao morador o conhecimento dos mesmos, gerando orgulho de suas raízes históricas”, avalia Ivo Carvalho, guia de turismo responsável pelo projeto.

Os roteiros que causam mais interesse é sem dúvida aqueles que fazem o morador mergulhar no passado, como é o caso do Batalhão Villagran Cabrita que muitos não imaginam que foi residência dos Jesuítas; Palácio Real e Imperial de Santa Cruz frequentados por D. João VI, D. Pedro I e D. Pedro II.

Segundo a coordenação  do projeto ele tem grande importância para a comunidade e para os estudantes: Para a comunidade, há o conhecimento e valorização que gera a proteção e preservação. Para os profissionais de turismo, cria oportunidade de empreender na criação de roteiros que busquem desenvolvimento local” explica Ivo.

Dicas

 -Durante o passeio é importante sempre manter a atenção no guia, levar na mochila pequena e leve, lanterna e pilhas reservas, água e alimentos leves como sanduíches, biscoitos e barras de cereais e frutas frescas.

– É aconselhável usar roupas leves, como: camisa e bermuda de moletom ou tac-tel, tênis com meia. Não é aconselhado usar chinelos ou sandálias. Nos roteiros ecológicos ainda é importante incluir no kit passeio, um boné e uma capa de chuva. 

Como participar

As maravilhas da região podem ser conferidas todos os dias e principalmente aos domingos, quando os guias turísticos são mais procurados. Os passeios são sempre alternados entre culturais e ecológicos. Os guias turísticos podem ser encontrados no Ciezo que está instalado nas dependências da Faculdade Simonsen, em Padre Miguel. O telefone para contato é: 21-24066471.

Comentários

comentários

Deixe um Comentário