Senador Lindbergh pede prioridade para criação do Distrito Industrial de Bangu

Wagner Ferreira presidente da Acerb lê o projeto para Lindbergh Fariase sua comitiva

Sábado, 6 de abril, a Caravana da Cidadania visitou a sede da Associação Comercial e Empresarial de Região de Bangu (ACERB) para um café da manhã. Entre os convidados estavam o senador Lindbergh Farias, deputada federal Benedita da Silva, deputado federal Jorge Bittar, deputado federal Edson Santos e o ex-deputado Federal Carlos Santana.  A caravana tem o objetivo de passar pelas regiões do estado do Rio de Janeiro e debater com todos os setores da sociedade para descobrir os principais problemas apontados pelos moradores.

Durante o encontro o presidente da ACERB, Wagner Ferreira, apresentou dois projetos aos convidados. A primeira apresentação foi sobre a criação do Distrito Industrial de Bangu (DIB) que tem o objetivo de aumentar o desenvolvimento industrial local e a geração de empregos. A prioridade é instalar um Polo Metal Mecânico, visando a grande demanda das indústrias instaladas no Rio de Janeiro por artefatos e produtos de aço inox, de acordo com estudo realizado pela UFRJ as indústrias compram de outros estados. Os estudos estão sendo realizados em cima de uma área de 440 mil metros quadrados que pertencem ao Exército Brasileiro.

O senador Lindbergh Farias elogiou o projeto e repassou para sua equipe analisar as propostas.

– A proposta da criação do Distrito Industrial de Bangu é válida e devemos colocar prioridade absoluta neste projeto.  Devemos equilibrar os investimentos no Rio de Janeiro, está havendo um grande desequilíbrio e precisamos olhar mais para o subúrbio e gerar mais empregos – fala o senador Lindbergh para todos os presentes.

A outra proposta é o compartilhamento da Base Aérea de Santa Cruz para voos comerciais, o projeto tem como um dos argumentos a necessidade de criar mais uma opção para os usuários dos aeroportos na cidade do Rio de Janeiro, visto que os outros já estão chegando a capacidade máxima. 

Este é um projeto das associações comerciais de Bangu, Campo Grande, Santa Cruz; da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Santa Cruz e da Oeste Export. Atualmente existe um grande número de passageiros que seriam beneficiados com um aeroporto mais próximo de suas residências. E com a abertura da BASC a cidade também ganharia uma opção para receber os turistas da Copa do Mundo e as Olimpíadas.

{flike}

Comentários

comentários

Deixe um Comentário