Campo Grande ganha mais água nas torneiras

Entram, a partir de agora, no sistema de abastecimento do bairro de Campo Grande, na Zona Oeste, mais 84 milhões de litros de água por dia, o equivalente a 170 mil caixas d´água de 500 litros diariamente, com a construção do tronco de abastecimento Santíssimo-Guaratiba e a construção do tronco e a elevatória Victor Konder, inaugurados, nesta quinta-feira (11/4), pelo governador Sérgio Cabral. As duas importantes obras elevam para 154 milhões de litros d´água por dia a capacidade da rede de abastecimento do bairro.


Mais água nas torneiras representa mais dignidade de vida, segundo ressaltou o governador, durante a inauguração, ao lado do vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Pezão, na Praça Edgard Baxbaum, ao lado do reservatório Victor Konder.

– É obrigação prioritária do Estado fornecer água para a população. As pessoas não terem como fazer sua comida dignamente ou tomar um banho decente é um absurdo. E é isso que estamos fazendo aqui com essas obras: dar dignidade aos moradores de Campo Grande. E, através de uma parceria com a prefeitura, vamos estender o saneamento básico a toda a Zona Oeste – afirmou Cabral.


O bairro vivia, segundo o presidente da Cedae, Wagner Victer, com o abastecimento de 70 milhões de litros de água por dia, apesar de Campo Grande ter multiplicado sua população nas últimas décadas, sem que investimentos significativos em abastecimento de água acompanhassem esta evolução.


– Com estes investimentos de R$ 25 milhões do governo do estado e do governo federal, através da Caixa Econômica Federal (CEF), os dois projetos vão garantir o fornecimento de água para mais de 100 sub-bairros da região e já contemplam seu crescimento futuro – frisou Victer.

 

As duas obras vão beneficiar diretamente 330 mil pessoas do bairro

O novo tronco Santíssimo-Guaratiba tem capacidade de transportar até 52 milhões de litros/dia, o suficiente para atender até 200 mil habitantes. O sistema conta com 12 quilômetros de novas tubulações. O tronco tem origem na Rua Uirapuru, na Nova Elevatória do Lameirão, e é interligado a outro tronco, na Estrada do Mato Alto – Largo do Correa.

Ao longo do traçado da nova tubulação foram realizadas cinco novas interligações com sistemas de abastecimento já existentes, que atendem a Estrada do Pré, Estrada do Cabuçu e Estrada da Cachamorra. As ligações permitirão a melhoria significativa no abastecimento dos moradores atuais destas vias e também asseguram a possibilidade de novas ligações, acompanhando o crescimento que vem ocorrendo em todas as regiões circunvizinhas.

A segunda obra consistiu no assentamento de tronco com dois mil metros de tubulações que transportará água até a elevatória construída junto ao Reservatório Victor Konder, permitindo a distribuição de 32 milhões de litros/dia, o suficiente para abastecer 130 mil pessoas.

O reservatório Victor Konder teve a estrutura reformada e ganhou iluminação artística. A construção histórica foi concluída em 1928 e tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). O reservatório tem capacidade para armazenar 16 milhões de litros de água. O trabalho contou com mão de obra de funcionários da Cedae e de apenados. Este novo sistema vai garantir a melhoria da qualidade do abastecimento da Estrada do Monteiro, Estrada do Magarça e da Avenida Cesário de Melo, na área central de Campo Grande.

Participaram da solenidade o secretário do Ambiente, Carlos Minc, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Melo, Dep. Coronel Jairo, Subprefeito da Zona Oeste Edmar Teixeira e diretores e funcionários da Cedae.

{flike}

Comentários

comentários

Deixe um Comentário