Eliseu Kessler se lembra de Julio Brasil

Eliseu Kessler, vereador eleito pela Zona Oeste, vai homenagear in-memorian o ex-policial e político Julio Brasil falecido recentemente.

“O Poder Executivo dará o nome de Júlio Brasil, (Delegado) a uma estação de BRT, preferencialmente em Campo Grande, Município do Rio de Janeiro”, diz um artigo do projeto de lei que a Câmara vai analisar.

JulioBrasil 2

Eliseu   Kessler                                       Julio Brasil

Mario Júlio Dias Brasil nasceu no Rio de Janeiro, no bairro de Realengo, em 28/06/1969, filho de um casal humilde, viveu sua infância e toda a sua vida na Zona Oeste da cidade.

Estudou no colégio Rosa da Fonseca, Vila Militar, terminando neste o primário. Na 4º série primária prestou concurso para o Colégio Militar de Belo Horizonte, sendo filho de civil enfrentou diversas dificuldades, posto que as vagas eram direcionadas em primeiro lugar para os filhos de militares.

Aprovado, conquistou vaga na prestigiada Instituição de Ensino Militar. No 6º ano do ginasial recebeu o aluno Brasil, medalha de aplicação aos estudos.

Determinado, perseverante e guerreiro, prestou concurso para Colégio Naval, Especex e Epcar. Conquistando aprovação em todas as Instituições Militares, tendo escolhido a Marinha para dar início à carreira militar.

No Colégio Naval foi prêmio olímpico de melhor atleta da Marinha, conquistando respeito e homenagem de todos.

Seguindo sua trajetória passou para a Escola Naval. Nesta nobre instituição foi o aspirante Brasil destaque inúmeras vezes, tanto nos esportes, quanto em sua vida acadêmica. Obteve mais de 200 medalhas, como atleta praticou Judô (faixa preta) por 21 anos conquistando diversos títulos estaduais (campeão Carioca e Mineiro); títulos nas competições das Forças Armadas e títulos nacionais. Foi ainda campeão estadual de Boxe amador e recordista de lançamento de dardo do Colégio Naval até hoje passados mais de 22 anos. Resumidamente, era um apaixonado por esportes!

Formou-se oficial do Corpo de Fuzileiros Navais, durante 16 anos prestou serviço militar exercendo diversos cargos de comando: Comandante de Pelotão de Fuzileiros Navais; Comandante de Companhia de Fuzileiros Navais; Juiz-Militar da Auditoria Militar por 02 períodos de 06 meses.

Posteriormente cursou a faculdade Gama Filho e Moacyr Bastos formando-se em Bacharel em Direito. Foi aprovado em diversos concursos tais como: fiscal de Renda do INSS e da Receita Federal e para Delegado de Polícia Federal o qual optou. Como Delegado Federal atuou em diversas Operações da Polícia Federal e trabalhou no combate às fraudes contra o INSS; à sonegação fiscal; ao crime organizado; e contra o sistema financeiro. Sempre atuando e prendendo criminosos que lesaram os cofres públicos e/ou prejudicaram a sociedade.

Ingressou na política partidária no PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) no ano de 1999, por acreditar que a prosperidade de um país tem início no crescimento pessoal dos indivíduos, através da educação e do trabalho.

Foi duas vezes candidato a vereador com forte atuação na Zona oeste do Rio, Residia no bairro de Campo Grande, aonde sempre atuou em prol da comunidade Campo Grandense. Foi Assessor do Subprefeito de Campo Grande/RJ; Supervisor Fiscal da Geo-Rio; Assessor político do Cônsul da República de Guiné.

Na eleição de 2010 à Deputado Federal obteve um numerário de aproximadamente 14.000,00 mil votos.

Era diretor (licenciado) de projetos da ONG ASC-BRASIL (Associação de Assistência Social Cristã do Brasil), onde desenvolveu diversas ações em benefício das pessoas mais carentes.

Em 2008 escreveu o livro “ NO CAMINHO HÁ PROSPERIDADE” relatando um pouco de sua trajetória de vida e de suas experiências pessoais, assim como as suas lutas, conquistas e sonhos. O livro traz um testemunho de fé, perseverança e transformação por intermédio da palavra e da comunhão com Deus.

Em julho de 2011 foi acometido de grave moléstia (leucemia) durante 07 meses lutou incessantemente contra a doença. E em 25 de fevereiro de 2012, faleceu o Delegado Federal Júlio Brasil.

{flike}

Comentários

comentários

Deixe um Comentário