Guaratiba ganhará Conselho Tutelar

 

O vice-prefeito Adilson Pires e a ministra Maria do Rosário Nunes, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, oficializaram na quarta-feira (12/06) a entrega de novos equipamentos aos 12 Conselhos Tutelares do município. Ao custo de R$ 684 mil, as unidades ganharam 60 computadores, 12 veículos zero quilômetro modelo Pálio Weekend, 12 refrigeradores, 12 impressoras e 12 bebedouros. Na oportunidade o vice-prefeito disse que pretende criar mais quatro Conselhos Tutelares, nas regiões de Jacarepaguá, Méier, na comunidade da Rocinha, em São Conrado, e em Guaratiba, próximo ao Campo da Fé, área que será visitada pelo Papa durante a Jornada Mundial da Juventude.

— Queremos assegurar as condições de trabalho dos conselheiros tutelares e a qualidade dos serviços prestados a população. Os carros e equipamentos vão dar agilidade nas ações de resposta as denúncias recebidas nos Conselhos Tutelares — afirmou Adilson Pires, que também é secretário municipal de Desenvolvimento Social.

A ministra, que abriu no Rio a agenda de Convergência Nacional de Proteção aos Direitos das Crianças e Adolescentes, entregou ao vice-prefeito uma cópia do projeto Conselho Tutelar de Referência. O novo “Conselho Modelo” será ampliado para todas as cidades com grande incidência de ligações para o Disque 100. Ele contará com uma estrutura moderna e sistema de informação integrado com os diversos órgãos de proteção à criança e ao adolescente.

Na ocasião, Maria do Rosário também lançou o aplicativo Proteja Brasil, que pode ser baixado em celulares permitindo ao usuário contato direto com os Conselhos e delegacias especializadas para denuncias de exploração sexual de crianças e outras violações de direitos humanos em qualquer parte do Brasil.

— O Conselho Modelo faz parte da agenda de convergência acordado com a ministra para a troca de informações entre os diversos órgãos de proteção. Até o final do mês vamos indicar um terreno para a implantação desse Conselho de Referência — explicou o vice-prefeito Adilson Pires.

Nos dias de jogos também será montado um posto de plantão do Conselho Tutelar nos arredores dos estádios. O plantão vai começar quatro horas antes da partida, durante o jogo e quatro horas após o término do jogo. No Rio, ele será montado próximo ao campus da Uerj, no Maracanã, na Zona Norte.

Maria do Rosário afirmou que, para o combate à exploração sexual, é preciso o apoio da sociedade.

— Nós não descansaremos nessa tarefa. Queremos realizar os grandes eventos que o Brasil sediará em 2014 e 2016 como um país livre da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes. Nós não queremos que esta marca seja a marca do Brasil — concluiu a ministra.

{flike}

Comentários

comentários

Deixe um Comentário