Presidente do Círculo Militar de olho no legado do Complexo Esportivo da Zona Oeste

Coronel Edson de Oliveira

O Complexo Esportivo de Deodoro planejado para atender as demandas da Olimpíada 2016, está localizado praticamente nas dependências do Circulo Militar da Vila Militar, organização privada parceira do Exército Brasileiro, então presidida pelo campo-grandense Coronel Edson Oliveira.

A conclusão e a inicialização das obras de construção do Estádio Olímpico, Hotéis, Estação do Conhecimento (área destinada à administração das atividades do complexo), 2 quadras de tênis modernas, recuperação do campo de grama sintética e a reurbanização do espaço são os desafios a serem superados até o ano de 2015.

Pentatlo Moderno (tiro, natação, hipismo e esgrima), Judô, atletismo, Futebol, Hóquei sobre grama, Esgrima, canoagem e ciclismo são as modalidades esportivas que disputarão a Olimpíada 2016 no local.

A grande preocupação do presidente Edson Oliveira é garantir o legado para a sociedade local. A estratégia criada hoje é pesquisar nas unidades escolares alunos com potenciais esportivos e recrutá-los para treinamento visando participação nas Olimpíadas 2016. Segundo o presidente do Círculo Militar, o maior desafio será preparar o pós- olimpíadas quando todo o Complexo Esportivo estará disponível e precisará ser usado pela Sociedade Local. “Vou continuar promovendo a integração das comunidades da região com o clube e acelerar o recrutamento, seleção e treinamentos de atletas, não podemos correr o risco de ver todas essas instalações esportivas de primeiro mundo ser alvo de vandalismo ou coisas do gênero, preciso firmar parcerias com as sociedades organizadas da região e espero ser procurado”, divulgou Edson Oliveira. As coordenações municipais de educação, as universidades e as associações de moradores, além de atores culturais e esportivos, serão convocados para a ação, completou o coronel.

Hoje o Circulo Militar da Vila Militar em parceria com o Projeto Brasil Vale Ouro, patrocinado pela Cia. Vale do Rio Doce, prepara 150 atletas para a modalidade esportiva Hóquei sobre grama, 40 no futebol, 67 no pentatlo moderno, 170 no Judô e 55 no atletismo. Danilo Fagundes atleta campo-grandense é o atual campeão brasileiro de Pentatlo Moderno e Simone Lima de Duque de Caxias é a terceira colocada.  

Para participar das atividades, o aluno deve estar matriculado em uma escola da rede pública ou particular de ensino e participar de um processo seletivo, em que são aplicados testes motores gerais e específicos da modalidade esportiva. O critério de seleção é a meritocracia, sendo escolhidos os candidatos que obtêm os melhores resultados nos testes.

Os profissionais da Estação Conhecimento possuem formação compatível com as funções que exercem e ampla experiência em suas áreas de atuação. Além de uma equipe técnica composta por professores e instrutores de cada modalidade, os alunos têm acompanhamento de psicólogo, assistente social e pedagogo. Todos participam de um processo de formação inicial e recebem supervisão contínua.

As atividades da Estação Conhecimento são gratuitas. Além de receber uniforme e lanche, os alunos são filiados às federações de suas modalidades no Rio de Janeiro e têm inscrição e transporte pagos para participar de competições oficiais, caso sejam selecionados pela equipe técnica da Estação.

Os alunos são avaliados continuamente pela equipe técnica e por consultores especializados em sua modalidade. Aqueles que obtiverem índice olímpico estarão aptos para serem transferidos para o Centro Nacional de Excelência do programa Brasil Vale Ouro

Dois alunos do Brasil Vale Ouro, programa da Fundação Vale que incentiva a prática de esportes e a cidadania, ganharam destaque nacional na última semana. Diego Ismael e Felipe Lapa, alunos do Rio de Janeiro, participaram do Campeonato Brasileiro de Judô sub 15, realizado em Porto Velho (RO), e trouxeram medalhas pra casa. Felipe conquistou o vice-campeonato na categoria Meio Médio e se classificou para participar, no mês de outubro, do campeonato sul-americano no Chile. Já Diego ganhou o título brasileiro na categoria Superligeiro e garantiu uma vaga no Pan-americano. A competição acontecerá em novembro em El Salvador.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

Comentários

comentários