UEZO abre novas instalações de Laboratório de Terapia Celular

O Reitor da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste, professor Alex da Silva Sirqueira (esquerda na foto), inaugurou no dia 13/12 as novas instalações do Laboratório de Terapia Celular e Fisiologia Antônio Carlos Campos de Carvalho, com a participação do homenageado, professores, técnicos, servidores e convidados.

No Auditório da UEZO, o Reitor surpreendeu o atual Diretor de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, membro da Academia Brasileira de Ciências e professor titular da UFRJ, Antônio Carlos Campos de Carvalho, com a entrega do Diploma e a informação de que o novo laboratório teria o seu nome numa homenagem sugerida pelo professor Fábio Fortes, líder do grupo de pesquisadores, em reconhecimento pelo trabalho que vem desenvolvendo nacional e internacionalmente nas áreas de fisiologia e biofísica.

Em seu discurso de agradecimento o professor Antônio Carlos destacou que a UEZO por ter uma proposta distinta, voltada para a interação mais estreita com o setor industrial, está afinada com a linha política desenvolvida pelo Ministério da Saúde que visa cada vez mais firmar parcerias no sentido de ampliar a participação da indústria farmacêutica nacional.

– Já firmamos 90 parcerias que vão demandar oportunidades para profissionais, principalmente nos setores de Biofármacos e Biotecnologia e recebemos recentemente o primeiro aparelho de ultrassom totalmente produzido no Brasil, assim fortalecemos o setor da saúde como um todo e precisaremos cada vez da aproximação da academia com a indústria para este crescimento, sinalizou o Secretário do Ministério da Saúde.

Em seguida, todos os participantes visitaram as instalações do laboratório. Também participaram da solenidade o Vice-reitor da UEZO, João Bosco de Salles, o Pró-reitor de Extensão, Roberto Nicolsky, a diretora da Unidade Universitária de Biologia, Vânia de Pádua Muniz, a professora da UFRJ Regina Goldenberg, a pós-doc da UERJ, Cherley Borba, o professor da UFFRJ, Fábio Fagundes da Rocha e a professora da Universidade Gama Filho, Dilza Honório entre outros convidados.

{loadposition folhadaterranet-posicao10}

{jcomments on}