Procon e Bombeiros interditam três casas de festas infantis em Campo Grande

A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), através dos fiscais do Procon-RJ, e do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, prosseguiram nesta quinta-feira (09/01) com a Operação Herói do Fogo, vistoriando as condições de segurança de empresas de entretenimento no Rio de Janeiro. Desta vez o alvo foi as casas de festas infantis da cidade. Foram fiscalizados 21 estabelecimentos e apenas dois deles não apresentaram qualquer irregularidade. Todos os outros foram autuados e serão multados. Sete casas foram interditadas sendo três em Campo Grande. 

“É o cúmulo do absurdo abrir empresas voltadas para a diversão de crianças e não cuidarem da segurança dos frequentadores. Vamos encontrar meios de punir como se deve esses responsáveis”, declarou a secretária de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos

Balanço da Operação “Herói do Fogo”na Zona Oeste:

1 – Casa de Festas Casa Dourada (Estrada do Cabuçu, 1125/Campo Grande): 13 garrafas de refrigerante de 2 litros vencidas há dois meses. Interditado por falta de sinalização de saída de emergência.

2 – Casa de Festas Green Way (Estrada da Cachamorra, 1000/Campo Grande): Interditada por não ter informação sobre rota de fuga.
 

03 – Casa de Festas Solar D’Pocinhos (Estrada da Cachamorra, 1441/Campo Grande): Interditada por falta do alvará de funcionamento e do alvará de proteção e prevenção contra incêndios. Não tem CNPJ, não emite notas e não existe razão social.

04 – Mansão das Estrelas (Av. Alhambra, sem n°/Campo Grande): 380g de canudo para recheio vencido em dez/2013 e 460ml de molho para salada vencido em set/2013. 1kg de alho picado e 1kg de molho de tomate sem especificação. O Corpo de Bombeiros notificou o estabelecimento para apresentação de documentação de alvará que se encontrava no contador.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}