“E LÁ SE FOI O ANO DE MUITOS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS”

Dois mil e treze se foi e com ele muitos acontecimentos. O Brasil  foi marcado por escândalos políticos. O povo foi às ruas para manifestar sua insatisfação. O PT cinicamente veio a público  com a seguinte  indignação: a “farsa da maior campanha de  desmoralização”. Não houve mensalão!  Apoiando os “pobres coitados” injustiçados e condenados,  a corja queria a anulação  dum processo que durou anos para que fosse concluído pelo S T F. Há de se ter muita cara de pau e subestimar a inteligência do povo brasileiro. A imprensa internacional foi a fundo e divulgou passo a passo “ a farsa” e continua a divulgá-la  O Brasil entra para a História com  o maior escândalo de corrupção do país. “Os pobres coitados” tentam de todas as formas se livrarem  e um dos chefões,  mostra  mais uma vez  a  sua falta de caráter ao arranjar emprego com salário de 20 mil reais e um   patrão com rendimento mensal de 1 real.  Têm coragem de atacar o S T F por violar garantias humanas, mas esquecem que os direitos são iguais para todos.  Então por que exigir  junta médica,  salmão, água de coco e outras regalias para um preso de colarinho branco? Nos presídios e na sociedade há situações lastimáveis que sequer são ouvidas. E em discurso, Dilma comparou Lula a Nelson Mandela ao afirmar que a luta contra “a elite” política do Brasil é semelhante à luta contra o Apartheid. Que “elite” política? Isso pode? Poupem-nos! No 5º Congresso do PT, Dirceu, Delúbio, Genoíno foram aclamados “guerreiros do povo” e heróis da nação. Corruptos se transformaram em heróis? Que inversão de valores! Ah, mais uma coisita:- Lula sugere permanência do P T  até o ano de 2022. Lutará bravamente para que Dilma se reeleja e sabemos que o povo sem esclarecimentos se deixará levar novamente por sua lábia, até porque Lula, muito cínico, nunca soube de nada e tem o dom do convencimento. É  muito castigo para o povo, né gente? Mas deixando as coisa ruins… O Papa Francisco veio ao Brasil para A Jornada Mundial da Juventude e conquistou a todos, independente de crença religiosa, uniu-se ao povo, mostrou ao mundo sua humildade, complacência com os menos favorecidos, reforçando a crença dos jovens, vindos de todas as partes do mundo. O Papa Francisco não quis glória, manifestações de poder, exigiu simplicidade em sua estadia, demonstrando que é  símbolo da bondade.  Ainda que sejam poucos,  existem seres que vem para modificar o mundo. O papa Francisco, cheio de sonhos e ideais vem lutando pela justiça social, igualdade das raças e a eliminação da fome no mundo,  onde a cada seis segundos morre uma criança. Compará-lo a Mandela é apenas um  indicador do que temos “ HOMENS”, sem vaidade própria, cobiça, que lutam em prol dos menos favorecidos.  Mandela  sofreu as maiores humilhações, mas em momento algum pensou desistir de seus ideais. E o seu povo chora, nações  do mundo inteiro  reverenciaram-no.  Brancos e negros,   convivem, tem o direito de ir e vir,  mas o negro ainda é visto com olhos tortos.

 O Brasil é um país de grande potencial, portanto vamos modificá-lo!

               MARGOT CARVALHO

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}