Aluno da UEZO vira professor

 

Carlos Eduardo Souza é aluno do sexto período do curso de Tecnologia em Processos Metalúrgicos da UEZO. Ano passado, ele resolveu fazer aulas de Inspeção de Líquido Penetrante, para adquirir mais conhecimentos e poder trabalhar na área industrial. Carlos Eduardo não imaginava, mas as aulas no curso da Petrus iriam despertar um novo talento nele. Quando concluiu o curso, o estudante não quis mais ir para as fábricas. Preferiu ficar nas salas de aula e trabalhar como professor.

Há três meses ele dá aulas para outras pessoas que procuram capacitação e uma melhor qualificação no mercado de trabalho. No estágio, o estudante já conduziu cursos sobre processos de fabricação, metrologia, ensaios mecânicos e ensaios macrográficos. As turmas tem alunos de diferentes idades e formação.

– É uma empresa que além de ter o curso, presta consultoria. Então, no meu estágio, eu acabo atuando nos dois. Eu acho que eles estão gostando do meu trabalho, sempre me passam tarefas, eu também posso assistir as aulas de outros cursos e tenho acesso à todo material didático, explica o estudante.

Carlos Eduardo conta que a experiência está sendo muito enriquecedora. Ele nunca tinha pensado em ser professor, mas está adorando lecionar.

– Estou gostando muito. Eu nunca tinha pensado em dar aulas, e lá na empresa nós temos a oportunidade de fazer as práticas, acompanhar treinamentos de líquidos penetrantes e partículas magnéticas, por exemplo. Assim a gente vai aprendendo, tanto na prática quanto na teoria. Eu aprendo e coloco em prática logo em seguida, conclui.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário