Desumano

Assisti na Travessa Ferreira Borges, centro de Campo Grande, uma senhora passar mal e cair. Chamamos o Samur que chegou logo depois e procedeu aos primeiros socorros ali na ambulância. A equipe médica após observar a paciente por alguns minutos disse que ela estava bem e começou a procurar alguém entre os populares que pudesse acompanhar a senhora até a sua residência. Achei isso um absurdo, mas não tive como reagir. Fiquei no local por alguns minutos e o impasse continuou. Não pude ver o final porque tinha compromisso com hora marcada. Fiquei na dúvida se o socorro tinha ou não obrigação de levar a senhora em casa. Se era correto não registrar a ocorrência em uma unidade médica. Já pensou se a moda pega e o socorro passa a dar consulta diagnosticar e receitar na rua?

Jandira – Campo Grande

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

Comentários

comentários

Deixe um Comentário