Ação conjunta em Guaratiba prende quatro pessoas acusadas de matar PM

 

Quatro pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira, por agentes da 43ª DP (Guaratiba), em conjunto com policiais militares do 40º BPM (Campo Grande), envolvidos na morte do sargento da Polícia Militar Marco Aurélio da Silva Nascimento.  O crime ocorreu em maio deste ano.  

Com base nas investigações, os policiais conseguiram localizar e prender, em Campo Grande e em Pedra de Guaratiba, a companheira do PM, Maria Helena Leal Goulart, 20 anos, Shirlei Leal do Nascimento, 54 anos,  Adjan Andrade José dos Santos,  e Fabrício Almeida Teixeira, de 28 anos.
De acordo com o delegado Roberto Cardoso, titular da 43ª DP, Maria Helena e seu amante, Fabrício,  planejaram o crime e contrataram Adjan para executar o policial militar.
Contra eles foram cumpridos mandados de prisão temporária, expedidos pela Justiça, pelo crime de homicídio.
{loadposition folhadaterra-posicao10}
{jcomments on}
 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário