Estado inaugura Ambulatório do Projeto Sorriso Especial em Campo Grande

O Governo do Estado inaugurou, nesta segunda-feira (10/11), em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, o Ambulatório do Projeto Sorriso Especial, na Unidade Pré-Hospitalar fixa Almir Dutton (Rochinha), que integra as instalações do Hospital Rocha Faria. Com foco no atendimento odontológico de crianças e adultos com necessidades especiais, o novo espaço atenderá a cerca de 30 pessoas por dia.

No ambulatório, serão prestados serviços de restauração, tratamento de canal e cirurgias de pequeno porte, como extrações simples. A unidade também vai realizar ações de prevenção da saúde bucal.

  

O Projeto Sorriso Especial já funcionava no Hospital Rocha Faria para casos de alta complexidade, que utilizavam, por exemplo, anestesia geral. Com o ambulatório, atendimentos odontológicos mais simples também estarão ao alcance dos portadores de necessidades especiais.

 

O espaço conta com sala de espera, recepção, escovário e dois consultórios. A equipe de profissionais é formada por dois cirurgiões-dentistas e três auxiliares de consultório dentário, além de uma secretária.

 

– É muito importante termos um lugar que atenda a crianças e adultos especiais. Este é um centro de referência. Será um local com foco no tratamento dentário, na educação e na prevenção de doenças bucais e dos dentes – disse o secretário de Saúde, Marcus Musafir.

 

Atendimento melhor para pacientes e familiares

 

Para Thelma Maria Andrade, de 57 anos, mãe de Juliana Braga Andrade, de 23, o serviço beneficia também os familiares dos portadores de necessidades especiais.

 

– Este ambulatório é benéfico para os pais também, por conta do apoio, carinho e atenção dado pelos profissionais. Em alguns lugares, não aceitam atender uma criança ou adulto especial – disse Thelma.

Mãe de criação de Carlos Henrique Soares de Carvalho, de 46 anos, Maria José Antunes, de 74, considera a iniciativa um grande avanço.

 

– Estou feliz de ter um espaço como este, um serviço público de qualidade para nossos filhos e parentes – afirmou Maria.

 

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}