O homem pra me amar

O homem pra me amar

Tem que ser por  inteiro

Sem fúria no olhar

Não ver meus defeitos

 

O homem pra me amar

Não  pode apagar  meu sorriso

Me sufocar

Desejo  a  liberdade total

Me envolver, sem  argumentos

Em todos os momentos

Ser  sua rainha

Um  trono me ofertar

E sequer uma lágrima dos meus olhos

Fazer rolar

E sim, tirar  meu batom

Sem nenhum lenço eu ter que usar

 

O homem pra me amar

Abençoando nossos momentos de amor

Tem que ter ternura,  luz no olhar

Desmembrando-me com mulher

E entre lençóis macios e quentes

 Afagos  e beijos

Fazer-me delirar

O homem pra me amar

Não pode ser dividido

E em outras mulheres

Os olhos pousar

 

Sou exclusiva

 Vou amá-lo sem medida

E sem nenhuma ameaça

Meu coração lhe ofertar

 

O homem pra me amar

Tem que ser despojado de ciúme

Corte da navalha do amor

 Isto  nos afastará!

 

Meu projeto de vida?

Morar na rua da alegria!

Entre cores exuberantes, muitas flores, borboletas flutuando

 Por  entre nossos afagos e  beijos

 

E sem medo em seus braços me jogar

Ser  sua de corpo e alma

Sem nenhuma hipocrisia

Como mulher me  realizar

  Margot Carvalho

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}