Guarda Municipal inaugurou Canil Maternidade em Campo Grande

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) inaugurou, na sexta-feira (05/12), o canil maternidade, em Campo Grande, Zona Oeste da cidade. Com aproximadamente 2.100 m², a base será voltada para criação e reprodução de cães selecionados com objetivo de renovar o efetivo canino da GM-Rio. O canil maternidade também servirá para uso de outras corporações.

O canil maternidade da Guarda Municipal é o segundo no país com esta finalidade entre as forças de segurança. No espaço será realizado trabalho de profilaxia (calendário vacinal), educação canina e adestramento.

A nova base conta com uma sala de veterinária e uma sala de enfermaria destinadas a realização dos procedimentos cirúrgicos que serão feitos pela equipe de veterinários e auxiliares veterinários da GM-Rio. Além disso, o espaço ainda tem cinco boxes de criação, área de soltura, área de instrução e um grande espaço externo com grama livre para adestramento e recreação dos cães. 

O comandante do Grupamento de Cães de Guarda, inspetor Aluízio Alvarenga, ressaltou a importância do emprego de cães na rotina diária de trabalho:

– O Canil Maternidade não visa melhorar apenas a rotina da Guarda Municipal, mas também de outras instituições. O trabalho com cães é uma modalidade que vem crescendo no mundo inteiro.

Já o Inspetor Geral, Rodrigo Fernandes, destacou a qualidade do trabalho realizado pelo grupamento:

– Desde que cheguei à Guarda Municipal, fiquei encantado com o trabalho realizado no canil. O alto nível técnico e o profissionalismo no tratamento com os animais são notáveis. 

E o canil maternidade já tem sua primeira fêmea gestante. É a cadela Indi, uma belga de malinois, que está com 30 dias de gestação e deve se mudar para o espaço nesta semana. O tempo total de gestação de uma cadela dura aproximadamente 60 dias. 

Com a inauguração do Canil Maternidade, o Grupamento de Cães de Guarda passa a contar com duas bases voltadas para o trabalho com filhotes e com cães em serviço. O grupamento foi criado em 1994 com a finalidade de auxiliar patrulhas em ruas, monumentos e prédios públicos da cidade. No início, eram 17 guardas municipais e apenas seis cães sem pedigree. Hoje, o plantel é composto por aproximadamente 42 cachorros, das raças pastor alemão, belga de malinois, golden retriever, labrador e border collie.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

 

 

 

Comentários

comentários