FRENTE DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA É INSTALADA NA ALERJ

FRENTE DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA É INSTALADA NA ALERJ

Foi instalada, na segunda-feira (23/02), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), a Frente Parlamentar em Defesa da Economia Popular Solidária. O objetivo é fortalecer as ações voltadas para a nova prática de produção e consumo, que privilegia o trabalho coletivo, a autogestão e o desenvolvimento local, sustentável e solidário.

 

“A frente funcionava na última legislatura e desempenhava um papel muito importante. Por isso, estamos propondo sua reinstalação”, explicou o deputado Waldeck (PT), autor da iniciativa. Segundo ele, o setor movimenta parte significativa da economia do país: “Vamos monitorar as diretrizes nacionais e estaduais para o setor e propor projetos que favoreçam a economia popular solidária”.

 

Os deputados Jorge Felippe Neto (PSD), Martha Rocha (PSD) e Doutor Sadinoel (PT) também participaram da reunião. Na última legislatura, o colegiado criou o Conselho Estadual de Economia Solidária (CEES) e transformou a Secretaria de Estado e Renda em Secretaria de Estado de Trabalho, Renda e Economia Solidária. Também criou o programa de Fomento à Economia Popular Solidária, sendo o Rio de Janeiro um dos únicos estados a gerenciar um fundo estadual com este fim.

{loadposition folhadaterra-posicao10}
{jcomments on}