Posto avançado da PM perde forças em Realengo

As associações comerciais de Realengo e Bangu junto com o Conselho Comunitário de Segurança da 14ª Aisp – Área Integrada de Segurança Pública e o apoio do comando do 14º Batalhão de Polícia Militar conseguiram junto ao governo do estado a cessão do antigo prédio da 33ª DP, na Rua Bernardo de Vasconcelos, em Realengo, para a implantação de um posto avançado da Polícia Militar.

Com a mudança do comando do 14º BPM o projeto anda de lado e o local que chegou a ser freqüentado por policiais militares após passar por reformas e ser equipado com moveis e utensílios, está abandonado e voltou a correr riscos de invasão por parte de cracudos e da população de rua.

Por falta de prioridade o assunto acabou sendo tirado da pauta do seminário sobre segurança da região realizado no último dia 28 na Universidade Castelo Branco.

As associações comerciais estão preocupadas com a repercussão do apoio dado pela classe empresarial e a eminente descontinuidade do projeto. A comunidade local também lamenta, pois o local é de risco, principalmente para os universitários que transitam por ali.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

 

Comentários

comentários