OAB/RJ discutiu projeto de autoria do Presidente da OAB/Bangu, Dr. Ronaldo Barros

No dia 23/6 foi realizada Audiência Pública promovida pela OAB/RJ, que discutiu a criação de uma tabela de honorários mínimos para a advocacia correspondente e audiencista. Foi discutido entre outros tema o projeto 6.750/2015 de autoria do Presidente da OAB/Bangu, Dr. Ronaldo Barros, que estabelece um teto de 15% do salário mínimo, hoje R$ 118,20, corrigidos mensalmente pelo IGPM a serem inseridos na tabela da OAB/RJ por audiência realizada, tendo em vista os valores irrisórios que são pagos e estes profissionais, em alguns casos, infelizmente não raros, chegam a serem pagos R$ 8,00 por audiência. 

Os grandes escritórios se fizeram presente contestando o projeto, alegando que teriam dificuldades em renegociar seus contratos com as grandes demandadas que ocasionam o contencioso de massa. 

A OAB/RJ atenta a este fato que avilta a advocacia se revela preocupada e busca uma solução para por fim à está afronta aos advogados. 

O Presidente da OAB/Bangu, Dr. Ronaldo Barros foi representado pelo Conselheiro e Presidente da CDAP/OAB-Bangu, Dr Waltenir Teixeira.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on} 

 

 

 

Comentários

comentários

Postado em OAB

Deixe um Comentário