Esquerda da Zona Oeste se organiza contra a tentativa de golpe

A militância dos partidos de esquerda -PT, PC DO B- entre outros, as lideranças sindicais e vários movimentos sociais organizados da região se reuniram na noite do dia 24 de julho na sede do Sindicato dos Professores, em Campo Grande, para criarem o Movimento Interação- unidade de ação para debater as principais demandas sociais da Zona Oeste.

Público presente

À frente dos trabalhos o presidente do diretório do PT na Zona Oeste, Valter Leitura.

A discussão da ação da esquerda organizada na luta contra a tentativa de golpe contra o governo Dilma roubou a cena da reunião.

O deputado federal Wadhi Damous discursou enfatizando o não a criminalização da política do PT e conclamando a militância a voltarem às ruas para defender o partido. Márcia Vera presidente da FAMERJ, parabenizou os presentes pela organização do evento. Várias lideranças usaram a palavra para incentivar, criticar e motivar a ação da militância. Os deputados federais Glauber Braga e Jandira Feghali justificaram a ausência. No próximo dia 5 de setembro , no calçadão de Campo Grande, o movimento inaugurará suas ações com uma passeata.

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário