Audiência pública na Castelo Branco discutiu criação da AEIU Transolimpica

Miranda Coordenador da Cet-Rio tirou as dúvidas do público presente

A Secretaria Municipal de Urbanismo realizou no dia 4 de agosto, no teatro da Universidade Castelo Branco, em Realengo, uma audiência pública para discutir a criação de uma Área de Especial Interesse Urbanístico no corredor da Via expressa Transolimpica.

O corredor abrange os bairros de Deodoro, Vila Militar, Magalhães Bastos, Campo dos Afonsos, Realengo, Sulacap, Taquara, Tanque, Pechincha, Cidade de Deus e Curicica.

Participaram da reunião representantes comunitários do Jardim Batan, Piraquara, Barata, Sulacap e Mallet, entre outros. Algumas autoridades públicas e privadas também participaram.

A reunião teve um público pequeno e segundo os presentes faltou divulgação e os principais representantes não compareceram. A subsecretaria de Urbanismo Márcia Queiroz anunciou a convocação de uma nova audiência, quando os representantes mais técnicos poderão participar.

Aos presentes foi explicado o que é uma Área de Especial Interesse Urbanístico, suas formas, seu funcionamento e as vantagem para a população do entorno. Implementação de políticas públicas que culmine em revitalização e estímulo para o desenvolvimento sustentável da região é o que se espera com a criação da AEIU – Área de Especial Interesse Urbanístico.

Ao final da reunião Márcia Queiroz se comprometeu em levar aos órgãos competentes as questões pontuais apresentadas. Quem quiser participar com sugestões poderá enviar e-mail para: participe.instrumentos@gmail.comou telefone para 2273 6642. Conheça a íntegra dos Projetos de Lei complementar no site www.rio.rj.gov.br/web/smu

{loadposition folhadaterra-posicao10}

{jcomments on}