Grupo de Futebol Manoel Ramalho: Amarelo perde pênalti e o jogo

A tradicional pelada do Grupo de Futebol Manoel Ramalho às sextas feiras à tarde foi marcada pelo retorno ao Campo do Sítio Tropical e pela visita do preparador físico campo-grandense Melo da equipe do treinador Vanderlei Luxemburgo.

O equilíbrio técnico das equipes não refletiu o que foi o primeiro tempo da partida. O time amarelo teve maior posse de bola, criou mais, porém sentiu a ausência do goleiro titular Flávio Renan. O time preto se movimentou pouco e aceitou a pressão amarela, porém, com chutes de longa distância aproveitou a inexperiência do goleiro adversário. Emílio comandou os contra ataques e marcou três vezes chutando de fora da área. Paulo Gaio fez o outro. Perdendo por 4×0 o time Amarelo tentou a reação e conseguiu diminuir com Fabinho. Sob pressão Paulo Rabelo ao se proteger escorou com as mãos uma jogada criada por Pará; pênalti que o próprio bateu e perdeu, junto com a chance de encostar-se ao placar. Placar do primeiro tempo: 4×1.

melo
teste

No início do segundo tempo Paulinho que entrou no Amarelo marcou e deu a impressão que faria a diferença, o que não se confirmou. Os três gols marcados mais outros três de Bodinho, sofreram descontos de Marcos Paulo, a novidade do time preto, e Emilio, uma dupla de ataque mortal. Placar Final: Preto 9×7 Amarelo.

 

Equipes e notas:

 

AMARELA– Leandro – não é goleiro, comprometeu o resultado 2 (Flávio Renan – entrou e deu segurança 5) Alex – mal posicionado deu espaços 4 (Bobo – não comprometeu 4,5), Pará – se surpreendeu com os gols sofridos 5, Marloni – mal posicionado chegava atrasado, no gol os dedos atrapalharam 3,5(Boca – tentou organizar 4,5, Willian – muita luta 5 (Bodinho – conferiu as três que chegaram 6), Ricardinho – não comprometeu 5, Fabinho – faltou concentração 5,5 (Paulinho – na frente resolveu 6) e Melo- conhece os caminhos 5,5.

 

PRETA– Junior – Garantiu 6, Tatão – cumpriu seu papel 4, (Ligeirinho – guardou bem sua posição 4), Demberg – jogou sério 5, Fabiano – no mesmo nível 5, Marco Aurélio – no dia do seu aniversário muita movimentação e um gol 5,5 (Marcos Paulo – veloz e hábil, promete 5,5), Paulo Gaio – deu pro gasto 5,5 (Flávio – faltou inspiração 5), Paulo Rabello – fora de forma passou em branco 5, e Emílio (artilheiro da partida com 6 gols explorou muito bem sua canhotinha para ganhar o jogo 7).

 

 

 

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário