Junior da Lucinha quer ônibus parando em local seguro

Preocupado com a violência contra mulheres, idosos e deficientes, vítimas mais frequentes de crimes cometidos por assaltantes e estupradores. Para evitar que este público seja obrigado a percorrer grandes distâncias a pé em horários de pouco movimento, o vereador Junior da Lucinha (PSDB) apresentou o Projeto de Lei n° 765/2014, para determinar que os ônibus que realizam transporte coletivo em linhas regulares realizem desembarque de passageiros fora dos pontos determinados.
Após as vinte e duas horas, todos os veículos de transporte coletivo serão obrigados a realizar o desembarque de passageiros idosos, deficientes físicos e mulheres fora dos pontos de ônibus. A medida somente deverá ser aplicada se for possível ao veículo parar com segurança no local solicitado. Em caso de descumprimento pelo motorista, a empresa poderá ser multada em R$ 1 mil.

 

De acordo com o parlamentar, o aumento da violência urbana atinge diretamente os idosos, mulheres e deficientes físicos. “Nos bairros mais remotos, estas pessoas são obrigadas a percorrer longas distâncias do ponto de parada até sua residência. Por vezes os pontos se encontram a quase quinhentos metros um do outro”, ressaltou o parlamentar. A matéria encontra-se em segunda discussão.

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário