CAMPO GRANDE-RJ VAI À FINAL DO XII PRÊMIO INNOVARE

O Dr. Sérgio Luiz Ribeiro de Souza, Juiz de Direito da 4ª Vara da Infância, Juventude e Idoso do Fórum Regional de Campo Grande, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, está participando do concurso na Categoria Juiz com o Projeto “Apadrinhar, amar e agir para materializar sonhos”, tendo vencido nessa primeira etapa outros 76 juízes inscritos.

Entre sete categorias o concurso escolheu 21 práticas de todas as regiões do país, com destaque para o Sudeste que conta com sete concorrentes. Os vencedores serão revelados dia 01 de dezembro no Supremo Tribunal Federal.

A votação, realizada a portas fechadas pela Comissão Julgadora do Prêmio Innovare, contou com uma tecnologia que garante o sigilo sobre a classificação dos vencedores, de modo que nem mesmo os membros da comissão sabem a colocação dos finalistas. O objetivo é prestigiar igualmente as práticas e garantir a surpresa e a emoção durante a cerimônia de premiação, que será realizada no Supremo Tribunal Federal, em Brasília, no dia 1º de dezembro.Ao todo, são sete iniciativas implantadas no Rio de Janeiro (3), em Minas Gerais (3) e no Espírito Santo (1). No total o concurso desse ano recebeu 506 práticas.

A partir deste mês os autores das 21 práticas finalistas serão convidados para se encontrarem com uma equipe do Prêmio Innovare que produzirá um material de fotos e vídeos que serão usados no dia da premiação.

Criado em 2004 e com cerca de cinco mil práticas inscritas e mais 150 dessas premiadas, o Prêmio Innovare é a mais importante premiação da Justiça brasileira. Uma realização do Instituto Innovare, da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, da Associação de Magistrados Brasileiros, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República e da Associação Nacional dos magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), com o apoio do Grupo Globo.