Ditadura em Moça Bonita infernizou a vida de torcedores do Bangu

Segundo um associado e torcedor do Bangu Atlético Clube, no último dia (27-02), no Campo do Bangu, antes partida entre Bangu x Madureira, válida pelo Campeonato Carioca de Futebol, seguranças do clube, dizendo cumprir ordens da diretoria, tentaram impedi-lo de entrar nas sociais sob o argumento de que estava vestindo uma camisa da oposição (Movimento Reage Bangu) que trazia na frente a inscrição Democracia Já e nas costas a inscrição “Transparência  Já. Indignado o associado mandou chamar alguém da diretoria que preferiu rever a ordem e liberar sua entrada. Disse ainda que o abuso continuou contra  os garotos da Torcida Organizada Castores da Guilherme que tentavam colocar na grade uma grande faixa com os dizeres “Por um Bangu Forte, Democrático e Transparente”, quando os mesmos seguranças, mais uma vez, tentaram impedir,  sob o argumento de que estava censurada pela diretoria. Os garotos precisaram correr até a outra Torcida Organizada, a Bangoró , que os protegeram . Só assim a faixa pode ser colocada e o protesto feito.

Tal fato causou um pronunciamento oficial do Movimento Reage Bangu que veio a público pedir ao presidente do clube, senhor Jorge Varela, e ao comando do 14º Batalhão de Policia Militar, que apoiou a operação,  explicação para os fatos.

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário