Time Preto vence no GFMR: 9×5. Vigiado de longe por Joel Bodinho desperdiça outro ataque

image
Boca procurou organizar o jogo
Fabinho cruzou  e Ricardinho tentou o corte
Fabinho cruzou e Ricardinho tentou o corte
Paulo Rabelo em mais uma jogada de gol
Paulo Rabelo prepara mais uma jogada de gol
Ueliton encontrou dificuldade para atacar
Ueliton encontrou dificuldade para atacar

Mais uma vez a pelada do GFMR foi de bom nível técnico. O placar do primeiro tempo (5×1 para o time Preto ) foi exagerado pelo que as duas equipes apresentaram. A equipe Amarela tomou a iniciativa do jogo e com um bom toque de bola criava boas oportunidades, porém, pecava com a má pontaria de Bodinho. Pelo lado Preto Joel coordenava as ações e não dava espaço ao adversário, que cedia o contra ataque com frequência. Num deles Paulo Rabelo abriu o placar com Emílio ampliando logo depois. O time Amarelo sem objetividade mantinha um falso domínio do jogo, enquanto o Preto surpreendia. Lico, contra, Paulo Rabelo e Tatão construíram o placar crioulo de 5×1.  O gol de honra Amarelo foi de Bodinho.
No segundo os dois times alternaram bons e maus momentos. Alexandre e Yago entraram no time Amarelo e acrescentaram velocidade ao toque de bola, chegando a encostar no placar (6×5), entretanto, Joel reorganizou sua equipe e reencontrou espaços para a movimentação de Renatinho, Emilio e Paulo Rabelo, que voltaram a marcar e restabelecer a distância no placar, que fechou em 9×5 para a equipe Preta.

Equipes e notas:
Preta– Rômulo, adaptado ao grupo fez uma grande partida, nota 6; Joel, comandou o time, nota 6,5 (Kadinho, não teve tempo para aparecer, sem nota); Tatão, bem na partida, fez o seu, nota 5 (Edinho, não é mais o mesmo, nota 5); Bobo, boa partida, nota 5 (Geovani, não comprometeu, nota 4,5); Flávio, outro que anda fora de ritmo, nota 5; Ricardinho, fez o que sabe, nota 5 (Renatinho, bem na armação e na conclusão, fez 2, nota 6); Paulo Rabelo, artilheiro da partida com 3 gols, nota 7; Emílio, no mesmo nível de Renatinho, também fez 2, nota 6.

Amarela – Flávio Renan, não comprometeu, nota 5,5 (Junior, também não, nota 5,5) Ueliton, jogando atrás fica devendo, nota 5,5; Fabinho, ainda falta algo, nota 5,5; Lico, se complicou, fez contra, nota 5 (Paulo Gaio, fez o que sabe, nota 5); Willian, nota 5; Boca, fez o seu, nota 5 (Alexandre, entrou bem e fez 2, nota 6); Bodinho, disperso perdeu um pênalti e fez um gol, nota 5,5 (Yago, deu velocidade, fez o seu, nota 5,5) Marco Aurélio, ocupou seu espaço ajudando a equipe, nota 4,5).

Comentários

comentários