UEZO no Calçadão

A UEZO – Universidade Estadual da Zona Oeste – está organizando para o próximo dia 12, no calçadão de Campo Grande, a realização de vários atos contra a atual gestão da educação no Estado – todos os serviços que dependem do ESTADO estão precarizados: as Universidades estaduais (UERJ, UEZO UENF), faetec e boa parte da educação básica está em greve -.

A Aduezo – Associação dos Docentes da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste – e o DCE- Diretório Central dos Estudantes – visam com isso, dar visibilidade aos problemas da instituição e criar influência política junto à comunidade.

“Estamos em um momento muito delicado devido à atual conjuntura política e crise econômica estadual, por isso salientamos a necessidade de haver mobilização pela defesa da nossa universidade. Infelizmente só a Aduezo e o DCE não podem resolver isso, contamos com vocês! Compareçam, reservem o dia 12 de abril para os nossos atos. Contamos com a ajuda de todos em divulgar! Vamos mobilizar Campo Grande, mostrar que existe uma Universidade pública de qualidade; que todos venham nos conhecer, várias atividades poderão acontecer neste dia no local, traga seus amigos”, convocaram os organizadores.

 

“Quero ver os cerca de 1.870 alunos da UEZO comparecerem a esse ato em Campo Grande. Essa é a quantidade que em todo aulão que compareço os docentes destacam que a universidade possui. Sou caloura, não cursei nenhum período ainda na instituição, mas estarei lá para lutar por mim e pela mesma. E vocês que sabem seu histórico e já estudaram alguns períodos lá, ficarão na inércia de atitude? Façamos nossa parte como discentes, pois os docentes estão fazendo o que cabe a eles”, disse a estudante Monique Pontes.

“O DCE da Feuc apóia essa luta e vai estar junto mobilizando e ajudando vocês camaradas”, prometeu Juan Pablo.

Nesse clima de harmonia o evento promete reunir um grande número de cidadãos campo grandenses.