Bairro São Jorge abriga nesse sábado Posto Volante da Campanha contra a Gripe

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio realiza hoje, 30 de abril, o dia D de mobilização contra a gripe, quando mais de 550 postos de vacinação, entre fixos e itinerantes, estarão à disposição da população em toda a cidade das 8h às 17h. Na trindade Santa, região que abriga os  bairros Parque São Luiz, Jardim São Jorge, Santo Antônio, Diana e Aurora, dois volantes serão montados: No Supermercado Ouro Market, na Rua Pina Rangel, 29 e no CMS  Mário Victor de Assis Pacheco, na Av. Cesário de Melo, 5580. A partir de hoje, o imunizante estará disponível para todos os grupos alvo da Campanha de Vacinação contra a Influenza: idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a 5 anos incompletos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, doentes crônicos e profissionais de saúde.
A meta da SMS é imunizar 80% dos grupos alvo recomendados até o final da campanha, em 20 de maio, o que representa cerca de 1,2 milhão de pessoas. Nos três primeiros dias da campanha, mais de 95 mil pessoas foram vacinadas. Neste sábado, os postos itinerantes serão montados em diversos locais em toda a cidade, como igrejas, escolas, associações de moradores, entre outros, para facilitar o acesso da população. Além do dia D, a vacina contra a gripe estará disponível nas mais de 200 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) e policlínicas da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Segundo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), para a temporada de 2016 do Hemisfério Sul a vacina influenza trivalente – usada na campanha – é composta por cepas do vírus Myxovirus influenzae, fragmentados, inativados e purificados de Influenza A (H1N1) pmd09; Influenza A (H3N2) e Influenza B (linhagem Victoria). Serão disponibilizadas vacinas produzidas pelo Instituto Butantan e pela Sanofi Pasteur (França).
O principal objetivo da campanha é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelos vírus da Influenza contidos na vacina. Sobre a eficácia do imunizante, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir de 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% da mortalidade global, e em aproximadamente 50% as doenças relacionadas à influenza.
Mesmo quem tomou a vacina no ano passado deve se vacinar novamente este ano. Para as mulheres até 45 dias após o parto, na hora da vacinação será solicitada comprovação da condição clínica e, para os doentes crônicos, a prescrição do médico que o acompanha. Para as crianças são necessárias duas doses num intervalo de um mês entre elas.
Portadores de doenças neurológicas devem consultar seu médico antes de tomar o imunizante e pessoas com quadro febril precisam aguardar a melhora do estado de saúde. A vacina é contraindicada para pacientes com história de alergia grave (anafilaxia) e prévia a algum de seus componentes.

Confira a relação completa  dos postos de vacinação no dia D de mobilização contra a gripe em:

PVs DIA D CAMP INFLUENZA 2016