Vereador Edson Zanata homenageia Cirurgião Vascular do Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz

Os homenageados  Adilson Mariz, Silvio Pereira e o fisioterapeuta Ricardo Massao com o vereador Edson Zanata. Crédito: Renan Domingos)
Adilson Mariz, Ver. Edson Zanata, Silvio Pereira e o fisioterapeuta Ricardo Massao.

Por iniciativa do vereador Edson Zanata, a Câmara do Rio entregou, no dia 25 de abril, o Conjunto de Medalhas Pedro Ernesto ao Dr. Adilson Luiz Cunha de Aguiar Mariz, chefe do serviço de Cirurgia Vascular do Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz. Durante a cerimônia, Zanata também homenageou o médico oncologista Sílvio Pereira e o fisioterapeuta especialista em acupuntura, Ricardo Massao Maki, com os títulos de Cidadão Honorário do Município.

O parlamentar destacou o esforço dos trabalhadores que servem à rede pública de saúde, especialmente em tempos de crise. “No momento turbulento em que vivemos, sinto-me honrado em conceder esta homenagem a profissionais representantes de uma classe que muitas vezes precisa realizar pequenos milagres para salvar vidas”, afirmou o vereador, morador do bairro Santa Margarida.
Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Uerj, o  cirurgião vascular Adilson Mariz trabalhou no Hospital Municipal Salgado Filho,  entre 1995 e 1997, e no Hospital Rio Mar, como chefe do Serviço de Cirurgia Vascular.  Especializou-se em Medicina Hiberbárica na USP em 1999. Atualmente trabalha no Hospital Universitário Pedro Ernesto.
Muito emocionado, ele agradeceu ao vereador pela homenagem e  salientou que, apesar dos problemas  vivenciados na rede pública de saúde do Rio, setores como o de atenção básica conseguiram  avanços significativos. “Houve uma notável melhoria nos últimos sete anos. Temos clínicas da família, postos de saúde e UPAs em áreas próximas da população carente”,  concluiu Adilson Mariz.
Mineiro de Lambari, o médico Silvio Pereira veio para o Rio  estudar e cursou medicina na UFRJ. Especialista em ginecologia, médico concursado pelo INSS, trabalha atualmente no Hospital Mario Kroeff, na Penha. “Agradeço a lembrança de meu nome e a homenagem. A medicina é uma profissão fundamental e a mais maravilhosa que há”, comemorou.
Durante 26 anos o fisioterapeuta Ricardo Maki foi coordenador do programa estadual de acupuntura, além de ter fundado o curso de biossegurança em acupuntura. Ele recebeu o título de Cidadão Honorário e disse que sempre se sentiu um carioca. “É o povo desta cidade que eu elegi para ser meu povo”, salientou.
Bernadete Travassos
Foto: Renan Domingos