Monumento de ex-escravo popular em Inhoaíba recebe revitalização

paizinho quincas

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos realiza nesta semana serviços de revitalização da estátua em bronze, de tamanho natural, que representa Paizinho Quincas. O monumento fica na Praça da Rua Adolfo Lemos com a Avenida Cesário de Melo, conhecida como Praça do Velho, em Inhoaíba, Zona Oeste da cidade. Equipes da Gerência de Monumentos e Chafarizes executam serviços de limpeza da peça, aplicação de resina e pintura.

Inaugurado em Inhoaíba  durante as  comemorações dos 70 anos da libertação dos escravos  (13 de maio de 1958), o monumento criado por Miguel Pastor foi o primeiro de caráter religioso implantado no espaço público em reconhecimento à simbologia e imponência da religião afro brasileira.

O homenageado foi o Paizinho Quincas, Joaquim Manuel da Silva, um escravo de grande popularidade na região, pela sua autoridade moral e conduta. Nasceu em 1º de janeiro de 1854 e viveu por 109 anos, falecendo em 1963, cinco anos depois da inauguração do monumento.