Meio Ambiente abre inscrições para fórum de mobilidade por bicicleta

A proposta de preparar a Zona Oeste para ter mobilidade por bicicleta significa dar a região a oportunidade de exercer sua vocação natural. Suas principais estradas que ligam as periferias aos centros urbanos, uma vez equipadas com ciclovias de qualidade, permitirão que a população local se beneficie dessa particularidade.

A cidade do Rio de Janeiro vai sediar nos dias 21 e 22/06 o VI Fórum Internacional da Mobilidade por Bicicleta –BiciRio. O evento reitera o compromisso do município com a mobilidade sustentável que se faz não apenas com a expansão da malha cicloviária, mas com o uso da bicicleta como modal de transporte seguro.

É hora da sociedade organizada da Zona Oeste  voltar a discutir a questão participando dos eventos e dos fóruns de debate do tema, com o compromisso de ver o sonho virar realidade.

O BiciRio 2016 prevê uma intensa agenda de debates, além do tradicional passeio ciclístico, que fechará o evento no dia 22/06, partindo da Praia de Copacabana em direção ao Porto Maravilha, finalizando a pedalada na Orla Conde. A inscrição para o fórum é gratuita e deve ser feita através do site do evento.

Neste ano, o encontro marca o início da preparação da cidade para sediar, em 2018, o VeloCity – congresso internacional que acontece anualmente em cidades que investem em ciclovias, reunindo ciclistas, acadêmicos, gerentes urbanos e empresários do setor para ampliar a cultura e presença das bicicletas nas cidades. O Rio foi escolhido para sediar o VeloCity pelo reconhecimento da cidade na ampliação da rede de ciclovias que, em 2009 possuía 150 km e atualmente, dispõe de 441 km de rotas cicláveis interligadas, favorecendo o uso das bicicletas como alimentador das redes de transporte de massa.

A cidade é reconhecida, atualmente, como a capital urbana da bicicleta, na América Latina. A bicicleta representa, hoje, 5% do total dos meios de transporte utilizados para o deslocamento no município. São registradas mais de dois milhões de viagens por dia no Rio, tanto para pequenos deslocamentos como para o uso por parte do comércio na realização de entregas domiciliares e prestações de serviço.

 Rio será sede do maior evento sobre mobilidade por bicicleta do mundo

A Cidade do Rio de Janeiro foi escolhida para sediar, em 2018, o maior evento sobre bicicletas e ciclismo: o VeloCity, um congresso internacional que acontece a cada dois anos em cidades que investem em ciclovias, e reúne ciclistas e empresários do setor para discutir soluções para a cultura e presença das bikes nas cidades. A prefeitura, instituições privadas e toda a comunidade da sociedade civil, que trabalha em prol desta mobilidade mais sustentável e a ECF (European Cyclists Federation) trabalharão juntas para desenvolver este grande encontro do ciclismo.

Será a primeira vez que o VeloCity ocorrerá em cidade da América do Sul, um reconhecimento dos investimentos realizados na malha cicloviária da Cidade Maravilhosa. O encontro vai mostrar como a cidade do Rio se move, dia e noite, por bicicletas.

O evento deverá envolver cerca de três mil pessoas, direta e indiretamente, de todas as cidades do mundo que, em um período de quatro dias, em junho de 2018, se reunirão para debater todos os temas relacionados à “magrela” tais como ciclovias, ciclofaixas, infraestrutura, negócios, logística, segurança, lazer, saúde, cultura e inclusão.

A bicicleta representa, hoje, 5% do total dos meios de transporte utilizados para o deslocamento na cidade. São registradas mais de 2 milhões de viagens por dia no Rio, tanto para pequenos deslocamentos como para o uso por parte do comércio na realização de entregas domiciliares e prestações de serviço. O Rio de Janeiro dispõe 438,9 km de rotas cicláveis interligadas, favorecendo o uso das bikes como alimentador das redes de transporte de massa.