Prefeitura vai licitar novas linhas de Vans sem ouvir os moradores do Parque São Luiz

Os moradores do Parque São Luiz, em Campo Grande, na Trindade Santa, que abriga ainda, os bairros Jardim Santo Antônio, Diana, Aurora e São Jorge, já não suportam mais tamanha dificuldade para se locomover no dia a dia, principalmente aqueles que moram no final das ruas Cordilheira, Alvorada e Justiniano de Carvalho, que compõem o bairro e medem aproximadamente 3 quilômetros de extensão.
Por conta do bairro não possuir nenhum tipo de transporte coletivo, eles não aceitam o fato de a prefeitura estar preparando uma licitação para concessão de novas linhas de vans na região sem ouvi-los.

Contrariando o que falam prefeito, vereadores e secretários em visita às comunidades da Zona Oeste, moradores usuários do transporte alternativo não podem opinar nas questões que mais lhe interessam – o número de linhas necessárias e seus itinerários.  A assessoria de imprensa da Secretaria de Transportes foi consultada e não informou o organismo nem o executivo que trata da questão. “Como em todos os bairros, aqui existem pessoas idosas com problemas de saúde, donas de casa que precisam ir às compras, estudantes e trabalhadores que não tem condições de andar de táxi e dependem do transporte coletivo, precisamos urgentemente resolver esse problema”, disse a senhora Laís, moradora da Rua Cordilheira.
O STPC – Sistema de Transportes Públicos Comunitário – que conta com linhas que circulam nos limites do bairro é a solução, disseram, lembrando que não sabem a quem se dirigir para sugerir esse sistema.