Prefeitura entrega Clínica da Família em Cosmos

A Prefeitura do Rio entregou à população, nesta quarta-feira (20/07), a Clínica da Família Valdecir Salustiano Cardozo, em Cosmos, na Zona Oeste, que beneficiará 18 mil moradores das comunidades Vila São Jorge, Jardim Anápolis e Paçuaré. Com esta nova unidade, a cidade passa a contar com 93 Clínicas da Família em 57 bairros do Rio.

– Com a Clínica da Família, será possível resolver, pelo menos, 80% de todos os problemas de saúde que vocês tiverem ao longo da vida. E o mais importante é que acompanhamos a vida dos nossos pacientes e mostramos a cada um deles a importância da prevenção. Para isso, vocês sempre serão atendidos pelos mesmos profissionais do programa Saúde da Família, desde os agentes de saúde aos médicos – explicou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Entretanto, usuários de outras unidades da região reclamam que só tem direito a três consultas no ano ou em caso de febre ou pressão alta; que nem sempre tem remédios na farmácia; que a marcação de consultas com especialistas que passam pelo Sisreg demora vários meses e compromete qualquer tratamento.

” Depois de quase 90 dias de espera reclamei com a direção que me pediu um tempo e voltou me dando uma boa notícia:  – Olha, você está com sorte, entrei no sistema e a vaga para o seu exame estava lá e eu consegui reservar, comemorou o diretor -.  A impressão que tive é que as vagas entram e saem do sistema e o sucesso depende da vigília constante e boa vontade de um funcionário”, disse o usuário de uma Clínica da Família em Senador Camará.

Criado em 2009, o projeto das Clínicas da Família permitiu a expansão histórica da Estratégia de Saúde da Família (ESF) no município. Com a implantação das clínicas, o Rio saiu de 3,5% de cobertura de saúde e se tornou nos últimos anos a capital responsável por mais da metade de todas as equipes de ESF criadas no país. Hoje, 55% dos cariocas têm cobertura de saúde integral e a Prefeitura do Rio pretende ampliar esse valor para 70% até o fim de 2016.

Morador de Cosmos há 50 anos, o aposentado Joanes Correia, de 63 anos, disse que a implantação de uma Clínica da Família próximo à casa dele vai facilitar no tratamento de diabetes da esposa e o atendimento de saúde de toda a família:

– Essa clínica era um sonho e hoje é realidade na vida dos moradores daqui de Cosmos. Sei que aqui vou poder cuidar da saúde da minha família e da minha também. Já conversei com alguns funcionários e senti um comprometimento em todos eles com a população.

Esta unidade de saúde conta com seis equipes de Saúde da Família e duas de Saúde Bucal. No local, os pacientes terão atendimento clínico, tratamento para diabetes, hipertensão, fazem pré-natal, exames laboratoriais, cuidados com a saúde da criança e vacinação, entre outros. Eles também poderão retirar gratuitamente medicamentos e insumos de uma grade de 208 itens da Atenção Primária. Além de consultórios, a Clínica da Família conta com salas de ultrassonografia, raio-x, observação clínica, procedimentos, curativos, coleta, reunião, saúde bucal, auditório, farmácia e almoxarifado.

A unidade faz parte da Área de Planejamento (AP) 5.2, que abrange os bairros de Campo Grande, Barra de Guaratiba, Cosmos, Guaratiba, Inhoaíba, Santíssimo, Senador Vasconcelos e Pedra de Guaratiba. A AP 5.2 tem 67% de cobertura de saúde da família, com 35 unidades na região, sendo 13 clínicas da família, 16 Centros Municipais de Saúde (CMS), uma policlínica, três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), um centro de reabilitação e um hospital de emergência com maternidade, o Rocha Faria.

A Clínica da Família Valdecir Salustiano Cardozo funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 12h, na Rua Aragão de Melo, esquina com Rua Roberto Simonsen, em Cosmos.

 

Comentários

comentários

Deixe um Comentário