Grupo dos Treze debateu as eleições 2016

O almoço mensal do Grupo dos Treze que acontece nas últimas sextas-feiras dos meses, na Churrascaria Espetão Gaúcho, em Campo Grande, na atual versão “debates políticos “, aconteceu sem a presença do terceiro candidato a prefeito do Rio convidado, Flávio Bolsonaro, cumprindo recomendação médica. Os primeiros foram Carlos Osorio e Marcello Crivella, pela ordem. Em seu lugar falaram os candidatos a vereador presentes Almir Rangel, Renato Melo e Adenil Costa. O primeiro destacou em sua fala a condição de único comendador de Campo Grande; o segundo esclareceu que sua praia e a caneta, por isso resumiu seu pedido de votos. Adenil Costa disse que está preparado para defender o desenvolvimento do bairro-cidade.
Autoridades públicas e privadas, além de lideranças comunitárias, também usaram a palavra para mandar seus recados: o comandante da Polícia Militar Tenente Coronel Anderson falou com entusiasmo da campanha do candidato ausente Flávio Bolsonaro que promete criar uma força de segurança para Campo Grande; a médica veterinária Sandra Neves defendeu a qualidade do voto e responsabilidade do eleitor; o empresário Carlos Brito falou do poder dos movimentos de rua; o empresário Guedes fez o segundo discurso emocionado do evento: “estamos fora do foco do poder central, Campo Grande cresce pelo potencial natural, nossos representantes públicos e privados não nos defende, tratam de questões pessoais, a solução e emancipar o bairro-cidade”, lembrou; a professora da Uezo Maria Cristina pediu apoio para a realização da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia no próximo mês, no Centro Esportivo Miecimo da Silva. O ato mais representativo do evento foi a doação da renda para um morador do Mendanha que teve sua casa destruída por um temporal. – As lideranças do Grupo dos Treze oferecem o almoço aos membros presentes que pagam uma quantia simbólica destinada a causas sociais -.

Comentários

comentários

Deixe um Comentário