Colégio Estadual em Pedra de Guaratiba receberá equipamentos de alta tecnologia

Uma parceria entre a Secretaria de Educação e empresas qualificará, por meio do uso de novas tecnologias, os alunos do curso de Ensino Médio Integrado em Telecomunicações do Colégio Estadual Hebe Camargo, localizado em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Neste ano letivo, a unidade, que no fim de 2016 formou as quatro primeiras turmas, receberá 25 placas de desenvolvimento de alta performance Galileo.
A parceria foi firmada nesta quarta-feira (1/2), na sede da secretaria, no bairro Santo Cristo, e contou com a presença do secretário de Educação, Wagner Victer; do gerente da Embratel, Sergio Baptista de Mello Júnior; e da vice-presidente do Projeto do Instituto NET Claro Embratel.
A placa Galileo traz um processador de alta tecnologia Intel Quark SoC X1000, o primeiro produto da linha, desenvolvido para atividades que demandam baixo consumo e alta performance, ideal para quem deseja fazer projetos rápidos ou que podem ter um nível de complexidade mais alto. Os professores do curso técnico da escola também receberão tutoria e treinamento para aplicar o conhecimento em sala de aula aos alunos. Como tem a capacidade de se comunicar sem a utilização de fios, via wi-fi, a Galileo facilitará a elaboração de projetos de robótica e de telecomunicações.
Os equipamentos tecnológicos vão proporcionar experiências educacionais mais qualificadas na área de Telecomunicações e Sistemas Digitais. Com a utilização das placas, os alunos também poderão praticar e explorar a chamada Internet das Coisas (IoT), um conceito tecnológico que se baseia na ideia na qual todos os objetos da vida cotidiana estariam conectados à internet, agindo de modo inteligente e possibilitando que o indivíduo esteja em constante qualificação e interação.
De acordo com o secretário de Educação, Wagner Victer, a proposta é formar profissionais capazes de participar da elaboração de projetos de telecomunicação.
– Os alunos sairão com capacidade para atuar na instalação, operação e manutenção de sistemas de telecomunicações e de telemática. Além disso, a utilização dessas placas durante as aulas vai facilitar a contratação desses alunos pela Embratel e por outras empresas do ramo – disse Victer.
Ensino integrado
O Colégio Estadual Hebe Camargo, inaugurado em 2014, é fruto do convênio com a Fundação Xuxa Meneghel, Intel e o Instituto NET Claro Embratel. A unidade oferta Ensino Médio Integrado em Telecomunicações, proporcionando aos alunos a prática profissional em laboratórios e oficinas, a utilização de pesquisas como meio de aprendizagem, o emprego de tecnologias no processo de ensino, entre outras atividades.

Comentários

comentários

Deixe um Comentário