Doublé de deputado e advogado mostra o caminho das pedras

Através de e-mail o deputado estadual Jorge Felippe Neto se colocou ao lado dos proprietários de imóveis da cidade do Rio de Janeiro contra a cobrança abusiva e retroativa do IPTU. Após alertar a todos que assinaram os abaixo-assinados e se manifestaram nas redes sociais quando ao poder que tem, mas que ainda negam, orientou-os a não facilitar, e que, mesmo após apontamento de cancelamento total do projeto que alterou absurdamente os valores do imposto, ainda é recomendável que se abra um processo de contestação de cobrança na Secretaria Municipal de Fazenda. – Isso deve facilitar o seu caso na frente, servindo de base para que a reavaliação seja melhor realizada. Esse processo pode ser aberto até o dia 30 de abril na Rua Afonso Cavalcanti, 455, Anexo, Cidade Nova, de 9h às 16h. Os documentos necessários para você levar estão listados abaixo: original e cópia da guia de notificação de lançamento expedida em decorrência do Projeto Atualiza; original e cópia do documento de identidade; croqui simplificado do imóvel que identifique as suas partes e respectivas áreas; fotos que demonstrem as alegações e demais meios de prova que, no entendimento do interessado, evidenciem a necessidade de revisão de ofício do lançamento – orientou o” deputado, contador, advogado, deputado Jorge Felippe Neto”.

Comentários

comentários