Foz Águas 5 faz recadastramento de imóveis e ameaça cortar benefício – Síndico cobra critérios

Marcos Goes (dir.) comenta o caso com Cesar Barros Supervisor Regional da prefeitura
Marcos Goes (dir.) comenta o caso com Cesar Barros, Supervisor Regional da prefeitura em Senador Camará

A Foz Águas 5, concessionária estadual da prestação do serviço de água e esgoto na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro está recadastrando os imóveis classificados como de baixa renda, beneficiários da tarifa social, e ameaça tirar o benefício dos que não se apresentarem até o final do mês de maio. A Faferj – Federação das Associações de Favelas do Estado do Rio de Janeiro apoia o evento itinerante cobrando a taxa de dez reais para emitir uma declaração que atende às exigências do recadastramento.
Na última semana do mês de abril, o evento aconteceu no Largo Ludgéro, no bairro Jabour, em Senador Camará.
Marcos Goes, síndico do Condomínio do Edifício Jerusalém, na rua Coroados, aproveita para discutir os critérios que determinaram o benefício na região. “O meu condomínio é vizinho de outros que são beneficiários da tarifa social, porém, não consegue se beneficiar, qual é o critério? Eles pagam em média menos 80%”, destacou.

Comentários

comentários

Deixe um Comentário