Hospital Municipal Rocha Faria (Campo Grande) qualifica profissionais para atender vítimas do trânsito

Por ano, cerca de 45 mil pessoas perdem a vida em acidentes de trânsito no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. No Hospital Municipal Rocha Faria (HMRF), em Campo Grande, são atendidas, em média, 222 pessoas que sofreram esse tipo de acidente, por mês. Assim, para qualificar profissionais de saúde e otimizar o atendimento, o hospital oferecerá diversas palestras e cursos sobre o tema, de 12 a 30 de maio, participando da campanha Maio Amarelo, promovida em todo o mundo para prevenir acidentes automobilísticos.
O principal destaque é o curso “Pare o sangramento”, idealizado pelo Colégio Americano de Cirurgiões após a identificação de que sangramentos externos são a maior causa de morte evitável em acidentes. Todos os participantes receberão certificado internacional com a chancela do referido colégio após a participação na atividade, que ocorre nos dias 12, 16 e 23.
As outras palestras e treinamentos abordarão temas como segurança no trânsito, atendimento do time de trauma, Projeto TCE e casa segura. As atividades são gratuitas e abertas para todos os profissionais de saúde. Os interessados podem se inscrever enviando nome, data de nascimento, CPF e profissão para o e-mail centrodeestudos.hmrf@iabas.org.br.

Confira a programação completa do Maio Amarelo, que acontece no auditório do Hospital Municipal Rocha Faria:

– Dia 12 (sexta-feira), 14h – Pare o sangramento, apresentado pela Dra. Juliana Mynssen;

– Dia 16 (terça-feira), 11h – Pare o sangramento, apresentado pela Dra. Cândice Vasconcelos;

– Dia 17 (quarta-feira), 10h – Casa segura, apresentado pelo Dr. Fernando Vasconcelos;

– Dia 19 (sexta-feira), 10h – Projeto TCE, apresentado pelo Dr. Ruy Monteiro (HMMC)

– Dia 23 (terça-feira), 10h – Pare o sangramento, apresentado pela Dra. Cândice Vasconcelos;

– Dia 25 (quinta-feira), 14h – Segurança no trânsito, apresentado pelo Grupo de Segurança do Trabalho/HMRF;

– Dia 30 (terça-feira), 14h – Atendimento do time de trauma, apresentado pela Dra. Juliana Mynssen.

Comentários

comentários

Deixe um Comentário