Prefeitura da inicio às obras nos restaurantes populares de Bangu e Campo Grande

Já estão em andamento as obras de reforma dos restaurantes populares de Bangu e Campo Grande, que passaram a ser administrados pela Prefeitura do Rio este ano, depois de fechados pelo Governo do Estado em 2016. A previsão inicial é de que os restaurantes reabram a partir de julho.

Conforme resultado da licitação realizada pela prefeitura, a reforma do restaurante popular de Campo Grande custará R$ 145.774,93, e será realizada pela empresa CD Empreendimentos e Construções. A mesma empresa reformará o restaurante de Bangu, por R$ 146.811,08.

Preços serão mantidos

Na reabertura, os preços das refeições serão mantidos: R$ 0,50 pelo café da manhã e R$ 2 pelo almoço. A expectativa é que sejam servidas 176 mil refeições por mês nos três restaurantes, entre café da manhã e almoço.

A escolha dos endereços a serem reabertos levou em consideração a demanda local e a melhor disponibilidade dos espaços. A prefeitura mantém interesse em assumir a gestão de mais alguns entre os outros cinco restaurantes populares também fechados pelo Estado, e aguarda disponibilidade financeira no orçamento municipal para voltar a negociar com o Governo do Estado.

Comentários

comentários