Diretora do Hospital Rocha Faria destaca a humanização da unidade com musicoterapia

Os pacientes do Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande, estão satisfeitos com o novo serviço que a unidade está oferecendo: musicoterapia. Além de proporcionar sensação de bem-estar, a música, quando usada dessa forma, restaura o bom humor, a concentração e o raciocínio lógico, melhorando a assistência aos usuários. No último dia 14, no refeitório, um grupo de músicos voluntários levantou a equipe que, silenciosa, preparava a próxima refeição. Resultado: pedidos de música no improviso, palmas, dança e muitas fotos.

A diretora do hospital, Cândice Vasconcelos ressaltou os benefícios que grupos voluntários como esse levam para a unidade.

– Essa ação faz parte dos nossos projetos de humanização do hospital, contando muito com nossos parceiros. Traz alento não só para os pacientes, mas também para os nossos profissionais, motivando-os. São diversos projetos que agregam a equipe e acolhem os pacientes.

Isabella Rodrigues da Silva, colaboradora da recepção do setor, se mostrou animada com a iniciativa:

– Foi uma surpresa muito agradável na nossa tarde. Por mim podiam ficar aqui todos os dias. Todo mundo se empolgou.

O som e a descontração não têm barreiras e acabam sendo compartilhados com os pacientes. Luciano André da Silva, internado na ala cirúrgica, se juntou aos colaboradores e era só alegria:

– Isso aqui não deixa nenhuma estrela desse hospital cair. Sou muito bem tratado e feliz com essa musicada.

A ação faz parte dos projetos de humanização do hospital. Atualmente, a unidade conta com mais de 100 voluntários em diversas funções como corte de cabelo de pacientes, acolhimento espiritual inter-religioso, animação de crianças, entre outros.

Para participar das atividades, os interessados devem procurar o Centro de Estudos da unidade, que fica na Avenida Cesário de Melo, 3.215. Telefones: 2233-6791 / 6789 / 6797.

Comentários

comentários