Binho Cultura: prestando contas

Um cara me conhecia de nome, ao ser apresentado a ele, me disse: – Cara, te prejudiquei muito na sua campanha, me desculpe.
Antes que eu respondesse, ele prosseguiu:
– Fui eu que impedi que você fizesse o Centro Cultural na antiga quadra da Mocidade, na Vila Vintem.
Minha resposta foi simples e objetiva:
– A mim você não prejudicou, mas à Vila Vintem inteira, quem perdeu foram os moradores.
Fui candidato a vereador, mas minha relação e compromissos com a Política Cultural para o Desenvolvimento da Cidade, com ênfase na Zona Oeste é incansável e todos sabem.
Minha relação com o ex Prefeito Eduardo Paes foi positiva para apontar e ser atendido nas reivindicações para a região, isso também não dá pra negar.
Naquela ocasião, em agosto de 2016 o meu parceiro e ex secretário municipal de cultura marcou com arquitetos e engenheiros para conhecer e fazer o projeto da Escola do Samba Mestre André, que apresentei ao então Prefeito. Perim me ligou no dia cancelando porque alguém disse na “esfera de cima” que eu estaria entrando na área de outro político. Enfim, não foi feito, a quadra segue abandonada, o que construí com os moradores e velha guarda foi de ralo, o cara não está mais com o político de estimação dele e a Vintem à mingua segue sua rotina.
Deixo aqui registrado para que todos saibam que os seus algozes muitas vezes te atacam sem ao menos saber a importância do que vc faz. Mas eles nunca vão chegar a lugar algum.
Minha parte eu faço!
Fui lá com o Vinicius Pierre seria um sonho lindo, mas vida que segue!!!

Comentários

comentários