Orgulho Proletário realizou o Troféu Ubirajara Motta

Nem as fortes chuvas que caíram sobre o Rio de Janeiro neste sábado, 11/11/17, foram capazes de esfriar a emoção na Piscina do Bangu, quando o Departamento de Futebol de Mesa do clube homenageou um dos maiores e mais queridos ídolos alvirrubros de todos os tempos: a lenda UBIRAJARA MOTTA!

Um ídolo viverá eternamente, enquanto suas memórias e seus feitos não forem esquecidos.

Os eventos da “Série Orgulho Proletário”, em que o Futmesa do Bangu mensalmente reverencia grandes ídolos do passado, são sempre muito marcantes, mas desta vez tornou-se uma manhã absolutamente inesquecível. Ubirajara foi recebido com extremo carinho pelos atletas banguenses, e retribuiu com igual intensidade, acompanhando com atenção todos os jogos, vibrando com “suas” defesas nas mesas e, é claro, distribuindo inúmeros autógrafos.

Acompanhado de seus ex-companheiros de clube Enio e Ivo, Ubirajara foi o centro das atenções, como não poderia deixar de ser, e relembrou histórias de seu tempo de jogador, principalmente sobre o Campeonato Carioca de 1966 e o Campeonato Mundial de 1960, além de divertidas passagens envolvendo o patrono Castor de Andrade e seu relacionamento com os atletas da década de 60, na antiga e saudosa Vila Hípica, antiga concentração do time na Estrada do Engenho e que, infelizmente, não existe mais.

A disputa nas mesas, na modalidade Pastilha, foi extremamente acirrada. No final, foi vencida por Marcelo Coutinho, em um dia particularmente inspirado, com Abel Cepa e Paulão Costa, pela ordem, completando o pódio. Jaime Pereira e Daniel Coutinho também participaram e abrilhantaram a competição.

Na cerimônia de encerramento Marcelo Coutinho, coordenador geral do Departamento de Futmesa do Bangu, não escondeu sua emoção e agradeceu a presença do seu ídolo (todos os goleiros dos seus times “são” Ubirajara) e por tudo o que ele fez e representou para o clube. Bira, por sua vez, destacou a importância da “Série Orgulho Proletário”, ressaltando o quanto faz bem para nossos antigos craques este carinho e saberem que as pessoas ainda se lembram deles.

“O Futmesa do Bangu não terá atividade no próximo sábado (18/11), mas retorna normalmente no dia 25/11, sempre às manhãs de sábado na Piscina do Bangu, que fica na Rua Francisco Real, 1445, em Bangu. A entrada é franca e convidamos toda a nossa torcida, amigos e moradores a nos conhecer. Estamos preparando a equipe para 2018, em que o Campeonato Mundial, no Japão, será o grande desafio do ano. Venha jogar conosco!”, convidou Marcelo Coutinho.

Resultados:

“Série Orgulho Proletário VIII”:

Troféu Ubirajara Motta (Pastilha) – 11/11/17
Turno Único:

Coutinho 4×1 Daniel
Jaime 1×1 Abel

Paulão 0x2 Abel
Coutinho 5×2 Jaime

Daniel 0x2 Jaime
Paulão 1×2 Coutinho

Abel 2×4 Coutinho
Daniel 1×4 Paulão

Jaime 0x1 Paulão
Abel 4×1 Daniel

Classificação Final:
1º) Marcelo Coutinho – 12 pontos
2º) Abel Cepa – 7 pontos
3º) Paulão Costa – 6 pontos
4º) Jaime Pereira – 4 pontos
5º) Daniel Coutinho – 0 ponto

Eventos anteriores da “Série Orgulho Proletário”:

– Maio (2017) – Troféu Zózimo Calazães (Sectorball)
– Junho (2017) – Troféu Ênio Chaves (Sectorball)
– Julho (2017) – Troféu Mestre Zizinho (Pastilha)
– Agosto (2017) – Troféu Mario Tito (Subbuteo)
– Setembro (2017) – Troféu Edson Mazola (Sectorball)
– Outubro (2017) – Troféu Luiz Alberto (Subbuteo)

Próximos eventos da “Série Orgulho Proletário”:

– Dezembro (2017) – Troféu Fidélis (Dadinho)

Comentários

comentários