Rogério Rocal tenta incrementar Programa Jovem Aprendiz

O programa Jovem Aprendiz ajuda a formar novos profissionais por facilitar o acesso de pessoas sem experiência ao primeiro emprego. O vereador Professor Rogério Rocal (PTB) quer ampliar o programa na cidade e apresentou o Projeto de Lei n° 238/2017 para obrigar a contratação de jovens aprendizes nas empresas que prestem serviços de terceirização à Prefeitura.
De acordo com a medida, as empresas que prestam serviços como terceirizados à Prefeitura, tanto para órgãos da administração direta quanto indireta, terão que contratar prioritariamente jovens e adolescentes. Os profissionais beneficiados deverão ter idade entre 14 e 24 anos, comprovar que nunca exerceram função remunerada e estarem cursando o ensino médio.
Cada empresa contratará, no mínimo, 15% de jovens aprendizes. Se a empresa tiver entre cinco e dez funcionários, deverá contratar, ao menos, um jovem aprendiz.
O vereador explica que todos passamos por fases de aprendizado em nossas carreiras e que o desenvolvimento profissional ocorre devido às oportunidades oferecidas por pessoas e empresas de aprender executando as atividades no dia a dia. A medida não onera os cofres porque a quantidade de profissionais permanece a mesma, alterando-se apenas o percentual de jovens dentro do quadro de funcionários da empresa.
“Este é o dever da prefeitura, permitir contratar um jovem aprendiz, pois, além da busca constante pelo sucesso – a missão de uma empresa –, envolve também o desenvolvimento de todo o capital humano que ali está, principalmente aqueles que estão iniciando suas atividades no mercado de trabalho”, afirmou o parlamentar.

Comentários

comentários