GM apreende 1.888 produtos com ambulantes sem autorização em Bangu e esquece de Campo Grande

Guardas municipais do Grupamento de Operações Especiais (GOE) apreenderam 1.888 produtos com ambulantes irregulares nesta quarta-feira (13.12), no calçadão de Bangu, na Zona Oeste da cidade. Entre os produtos havia utensílios do lar e acessórios diversos de celular e óculos. Após a apreensão, as mercadorias foram encaminhadas para o depósito da Prefeitura.

Desde o mês de agosto, a GM-Rio vem realizando ação preventiva de ordenamento urbano no Calçadão de Bangu e nas vias do entorno, com o emprego de guardas das unidades da região e também dos Grupamentos de Operações Especiais (GOE), de Cães de Guarda (GCG) e Tático Móvel (GTM). Além do ordenamento urbano, os guardas também atuam para promover a segurança na região coibindo pequenos delitos.
O mesmo não acontece em Campo Grande, bairro-cidade que sofre com a invasão de populares de outros municípios em busca de solução para as suas necessidades básicas, com destaque para a saúde e emprego. Qualquer espaço público no centro comercial do bairro e ocupado por um camelô – adulto, adolescente – que paga para trabalhar ali. As calçadas são ocupadas em suas laterais e o público passa por uma espécie de “corredor polonês”, facilitando a ação de trombadinhas. As ruas do calçadão também são ocupadas por diversas tendas e barracas. O desconforto e geral.
 

Comentários

comentários