MPRJ denuncia homem por matar menino de seis anos em Campo Grande com tiro em briga de trânsito

MPRJ denuncia homem por matar menino de seis anos em Campo Grande com tiro em briga de trânsito
O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 20ª Promotoria de Investigação Penal, da 1ª Central de Inquéritos, denunciou nesta segunda-feira (11/12) Sérgio Ramos Augusto, acusado de matar, com um tiro,  Bryan Eduardo Mercês Camargo, de seis anos, após  uma desavença no trânsito. O crime aconteceu na madrugada do dia 9 de julho, na Estrada do Campinho, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. 
 
Conforme relata a denúncia, Christian Lopes de Camargo, pai de Bryan e condutor do veículo onde o menino estava, teve que frear bruscamente, porque um carro avançou o sinal vermelho no cruzamento. Sergio Ramos, que vinha atrás, emparelhou o carro, reclamou da freada e atirou contra a família. Bryan levou um tiro  que transpassou seu tórax e atingiu a  irmã de raspão na perna. A mãe e a tia do menino, que também estavam no carro, não se feriram.
 
O MPRJ também requereu a prisão preventiva de Sergio Ramos. “Trata-se de crimes monstruosos, de perversidade ímpar e de hediondez gritante, cometidos por motivo absolutamente fútil (uma mera freada repentina no trânsito), que culminaram na ocisão da vida de uma criança de apenas seis anos de idade e na ofensa à integridade física de outra, de dois anos, que teve muita sorte de não morrer também, e que chocaram, pela brutalidade e pelas consequências avassaladoras na vida de uma família”, descreve a ação penal.
 
Sérgio Ramos responderá por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima), com dolo eventual, já que ao atirar no carro ele assumiu o risco da produção do resultado morte.

Comentários

comentários