Secretário Municipal de Transportes palestrou na UCAM Campo Grande

Na noite do dia 08 de março docentes e discentes da Universidade Candido Mendes, em Campo Grande, participaram de uma palestra proferida pelo Dr. Rubens Teixeira, secretário municipal de transportes do Município do Rio de Janeiro.


O palestrante levou pouco mais de 1 hora para cumprimentar seus vizinhos, já que iniciou fazendo referência a sua educação básica adquirida em escolas públicas do bairro; encher de esperanças seus interlocutores, quando falou das dificuldades encontradas na sua vida acadêmica (bacharel em direito – engenheiro nuclear ) e profissional (Exército Brasileiro – AMAN, IME -, Banco Central, Braspetro, Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente, presidência da Comlurb e atualmente na Secretaria Municipal de Transporte), e como fez para supera-las; falar da sua idade (47anos), da sua função de radialista, das suas andanças pelo mundo como palestrante ancorado em três livros publicados, da operação Lava Jato, que segundo ele surgiu do grande volume de dinheiro que os corruptos brasileiros gastavam no exterior, falar que tudo que ele fez foi por idealismo e que vai continuar lutando pelo país enquanto estiver vivo; acusar o Brasil de país mais corrupto do mundo com a conivência da imprensa, e desenvolver o tema da palestra: “Tecnologias contra crimes que envolvem dinheiro”.
Sobre o tema principal o palestrante apresentou o “dinheiro digital” como a ferramenta ideal para combater os corruptos, pela rastreabilidade, visto que a corrupção é um crime difícil de provar. Em suas considerações finais Rubens Teixeira disse que temos e dominamos a melhor tecnologia do planeta, que depende de vontade política para ser plenamente implantada. Disse também, que escolhemos mal os nossos políticos porque somos mal informados, numa alusão a atuação da imprensa brasileira, e que, quem não se envolve com política não pode cobrar nada dos maus políticos, eleitos por nós.

Rubens Teixeira conclui dizendo a centenas de ouvintes, que o político é um doente sem cura e contagiante.

Comentários

comentários