Antares, em Santa Cruz, vai ganhar área de lazer

Em visita à comunidade Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, vistoriou, nesta segunda-feira (12), obras de urbanização e determinou à Secretaria de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação o projeto de criação de uma área de lazer para os moradores.

“Aqui na Praça do Bino nós vamos fazer um pedacinho do Parque de Madureira. Vai ter brinquedo para as crianças, campo de futebol, iluminação e também aquele chuveirinho para eles tomarem banho no dia de sol, e também Wi-Fi, que é uma coisa que as crianças hoje usam muito, porque navegam na internet e podem ter acesso à educação, ao lazer e ao entretenimento”, disse o prefeito, rodeado por moradores e ao lado da secretária de Urbanismo, Verena Andreatta.

A Prefeitura vai entregar até novembro a obra de pavimentação e qualificação em Antares. A intervenção urbanística é feita em 54 ruas e beneficia 22.300 moradores. Na lista de ações estão 84.168m² de pavimentação, 55.887m² de calçada e 28.172m² de meio-fio. Também estão sendo feitos 7.670m de drenagem, com recuperação e reforma de três pontes. A obra, iniciada em 2014, estava parada, e foi retomada, por determinação de Crivella, em dezembro do ano passado, com previsão de 14 meses de duração.

Em Antares, o prefeito esteve também na Escola Municipal Aldebará, onde observou as principais necessidades e foi recebido por alunos e professores.

“Essa escola, como todas, está precisando de reforma. Por isso nós destinamos R$ 200 milhões este ano para reforma das escolas. Está no orçamento da Secretaria de Educação”, destacou Crivella.

Em Sepetiba, também na Zona Oeste, Crivella visitou outra escola: a Paralimpíadas Rio 2016, onde ocorre mais uma etapa do projeto Novo Olhar Kids, das secretarias municipais de Educação e de Assistência Social e Direitos Humanos. Estudantes de 6 a 16 anos fizeram exames oftalmológicos na escola para receber óculos, gratuitamente, da Prefeitura do Rio. Na escola de Sepetiba serão beneficiados 250 crianças e adolescentes.

Comentários

comentários