Vale tudo no calçadão de Campo Grande

Os centros comerciais da Zona Oeste, bem como as demais regiões periféricas da cidade sofrem com as ações criminosas de empresários camelôs e camelôs, que usam o espaço público indevidamente impedindo o público consumidor de andar com segurança e conforto pelas calçadas da cidade. Muitos comerciantes desobedecem um decreto municipal que permite aos lojistas instalarem bancas em até um metro de calçada em determinadas ruas.

 

Comentários

comentários