Metrô e trens deverão ter plataforma de auxílio aos cadeirantes para embarque nos vagões

As concessionárias de transportes ferroviários do Estado do Rio – trens e metrô – poderão ser obrigadas a instalarem uma plataforma de auxílio às pessoas que utilizam cadeiras de rodas no embarque dos vagões. É o que estabelece o Projeto de Lei 1.238-A/15, da deputada Lucinha (PSDB), aprovado, nesta quarta-feira (09/05), em segunda discussão, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Agora o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, tem 15 dias úteis para sancionar ou não o PL.

A proposta também determina que a distância entre os trens e as plataformas não pode ultrapassar medidas de risco aos passageiros. O Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) auxiliará na regulamentação da norma.

“O projeto tem como objetivo diminuir a dificuldade encontrada por milhares de cadeirantes no estado. É necessário facilitar o deslocamento dessas pessoas para que haja inclusão social”, afirmou Lucinha.

 

Comentários

comentários