Fiscais da prefeitura removem 38 Vans na Zona Oeste

A força-tarefa da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) permanece nos principais corredores da Zona Oeste. Entre as diversas ações, equipes da Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC) atuam na região para fiscalizar os serviços prestados por vans e kombis do transporte complementar aos usuários do sistema.

Desde segunda-feira até a manhã desta quarta-feira, dia 23, fiscais aplicaram 56 autuações e removeram 38 veículos, entre eles cinco piratas, das ruas de Santa Cruz, Bangu, Campo Grande e bairros vizinhos.

Em Campo Grande, os agentes removeram três vans piratas, além de autuar irregularidades flagradas, entre elas, permissionários falando ao celular ao volante, veículo com o selo de vistoria fora da validade, utilitário em mau estado de conservação e estacionamento irregular.

Nas vias de Santa Cruz, foram removidos dois veículos piratas. As equipes também flagraram veículos em mau estado de conservação, com lotação excedente, ausência de utensílios indispensáveis à segurança na prestação do serviço, lacre de identificação violado ou falsificado e motorista dirigindo sem o cinto de segurança. Já em Bangu, permissionários tiveram veículos removidos por mau estado de conservação e selo de vistoria fora da validade.

Em Paciência, um motorista foi flagrado conduzindo uma van sem possuir carteira de habilitação e teve o veículo removido. Irregularidades como utilitário sem licença, veículo em mau estado de conservação e lacre de identificação violado ou falsificado também foram registradas pelas equipes. Em Pedra de Guaratiba, uma van legalizada trafegava com condutor sem autorização, sendo removida pelos fiscais.

As ações da coordenadoria seguem intensificadas na Zona Oeste, além da fiscalização em outros pontos da cidade. A CETC destaca a importância da população no registro de denúncias por meio do 1746 em posse da placa, data, horário e local com o objetivo de auxiliar no direcionamento e planejamento das ações.